Siga nossas redes:

Postado em:

11.01.22

Gestão eficiente do estoque: peça-chave para o sucesso da sua loja!

Ter uma loja nos dias atuais é ultrapassar o limite de simplesmente vender um produto. Isso porque dentro da lógica de mercado que vivemos, o capitalismo, existem outros níveis que envolvem a manutenção de um estabelecimento.

Dentro deste contexto, é de suma importância manter uma gestão eficiente do estoque, principalmente se você trabalha com uma grande quantidade de produtos.

O que é um estoque?

Se você é fã de papelaria provavelmente você já se deparou com um estoque na sua casa, já que comprar um só bloquinho de post-it não é tão legal quanto adquirir vários post-its de cores diferentes. Com o passar do tempo, a sua coleção vai aumentando, e você começou a pensar na melhor forma de armazenar a sua coleção, já que você não pretende usar tudo de uma só vez.

Com esse exemplo, é possível ter uma ideia vaga sobre o que é estoque, bem como uma noção do que é gestão. Sendo assim, podemos afirmar que estoque, no contexto empresarial, é tudo aquilo que pode ser recurso para uma empresa, e que é necessário para as vendas a médio e longo prazos.

Logo, se é preciso um tempo considerável de duração desses produtos na empresa, é lógico que é preciso um certo cuidado para que o prazo de validade não seja ultrapassado. É justamente neste pronto do cuidado que a gestão entra em cena.

Gestão de estoque

O estoque é um setor fundamental para o desenvolvimento de uma farmácia, já que é nele que ficam armazenados os produtos para a venda.

Logo, independente do porte da empresa, saber administrar o estoque fará total diferença para o progresso do negócio.

Sendo assim, tendo uma boa gestão de estoque é possível planejar a aquisição de novos itens para que não haja acúmulo de produtos encalhados.

Portanto, o controle desse estoque deve ser realizado diariamente afim de desvendar quais produtos estão em falta ou em excesso, e assim, evitar desperdícios.

Como realizar a gestão de estoque de uma empresa?

É possível encontrar diversos modelos de gestão de estoque. Entretanto, é preciso avaliar e identificar aquele que mais se adequa à sua empresa.

Por isso, abaixo será listado alguns modelos de gestão mais utilizados.

Just in Time (JIT): foi um sistema desenvolvido para ir contra um outro modelo de produção vigente na mesma época, 1970, o fordismo. Diferentemente do seu concorrente, o Just in Time busca produzir sob encomenda, fazendo com que não haja superprodução e nem excedentes. Desse modo, é válido salientar que esse modelo de produção dispensa ou manter um estoque mínimo.

Inventário: é uma forma de “colocar no papel” tudo aquilo que está no seu estoque, bem como tudo aquilo que sai e entra na loja. Essa forma de sistematizar o setor é uma ótima pedida para quem precisa de um controle físico e financeiro, evitando, assim, gastos excessivos. Para construir um inventário, é possível utilizar de plataformas digitais, ou fazer tudo no modo antigo: no papel. O importante aqui é que se mantenha atualizada as informações deste documento, que são: preço, nome da mercadoria, quantidade e categoria.

Além de controlar os produtos no estoque, o inventário também ajuda a:

  • Saber quais itens tem no estoque e suas respectivas quantidades;
  • Prever qual produto vai faltar e qual está em excesso;
  • Entender mais sobre as vontades e necessidades dos clientes;
  • Planejar compras com antecedência;
  • Evitas gastos.

Inventário: é uma forma de “colocar no papel” tudo aquilo que está no seu estoque, bem como tudo aquilo que sai e entra na loja. Essa forma de sistematizar o setor é uma ótima pedida para quem precisa de um controle físico e financeiro, evitando, assim, gastos excessivos. Para construir um inventário, é possível utilizar de plataformas digitais, ou fazer tudo no modo antigo: no papel. O importante aqui é que se mantenha atualizada as informações deste documento, que são: preço, nome da mercadoria, quantidade e categoria.

Giro de estoque: é um outro modelo de gestão de estoque, que visa, além de controlar os produtos, medir o desempenho de gestão de uma empresa. Por isso, é preciso estar atento a alguns fatores, como:

  • A compra;
  • A organização do estoque;
  • A exposição dos produtos;
  • As promoções;
  • O atendimento;
  • A entrega.

A Gianina é sua parceira o ano todo para o auxílio da gestão de estoque. Compre sempre o que necessário e tem alta demanda em suas vendas.